COMO SE CADASTRAR E CONSULTAR AUXÍLIO R$ 600 DO GOVERNO




AUXÍLIO EMERGENCIAL R$600

PRIMEIRA E SEGUNDA PARCELA

Confira abaixo as PRINCIPAIS REGRAS para receber o Auxílio Emergencial proposto e aprovado recentemente pelo Governo Federal, afim de ajudar trabalhadores informais durante essa crise de quarentena pelo Coronavírus.

REGRAS PARA RECEBER AUXÍLIO EMERGENCIAL

-QUEM PODE RECEBER O AUXÍLIO EMERGENCIAL DE R$600?




*Ter renda familiar mensal por pessoa de até meio salário mínimo federais ou renda familiar mensal de até três salários mínimos (valor total mensal);
*Possuir idade igual ou superior de 18 anos;
*A pessoa não pode receber benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou qualquer outro programa de transferência de renda federal. (apenas será aceito o Bolsa Família;
*Não possuir emprego forma;

– O beneficiário ainda deverá preencher a QUALQUER UM desses requisitos abaixo:

Ser microempreendedor individual – MEI, ou;
Ser contribuinte individual ou facultativo do RGPS – Regime Geral de Previdência Social, OU;




Ser trabalhador informal inscrito no Cadastro Único – CadÚnico para Programas Sociais do Governo Federal, ou;
Ser for trabalhador informal sem pertencer a nenhum cadastro, desde que esteja recebendo até meio salário mínimo por cada pessoa ou renda familiar mensal total de até três salários mínimos, podendo ter recebido esse valor no último mês.

-QUANTO CADA FAMÍLIA PODERÁ RECEBER?
*O benefício é de R$ 600 e limitado a DUAS pessoas de uma mesma família.
*A mãe chefe de família (sem marido ou companheiro) tem direito a duas cotas do auxílio, no total de R$ 1,2 mil
*DUAS pessoas de uma mesma família podem acumular benefícios: um do auxílio emergencial de R$ 600 e um do Bolsa Família
*Aqueles que recebem Bolsa Família e se encaixam no critério do benefício emergencial, irão o benefício que for maior.

-COMO SERÁ REALIZADO O PAGAMENTO DO AUXÍLIO
*Essa conta será aberta automaticamente em nome dos beneficiários, com dispensa da apresentação de documentos e isenção de tarifas de manutenção
*A conta pode ser a mesma já usada para pagar recursos de programas sociais governamentais, como PIS/Pasep e FGTS



*O auxílio emergencial será pago por bancos públicos federais por meio de uma conta do tipo poupança social digital
*Os bancos são Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Banco da Amazônia e Banco do Nordeste. Também podem ser utilizadas para o pagamento agências lotéricas e agências dos Correios
*A pessoa poderá fazer ao menos uma transferência eletrônica de dinheiro por mês, sem custos

APLICATIVO CADASTRO DE TRABALHADORES INFORMAIS



A partir de terça-feira (7) um aplicativo para o trabalhador informal não cadastrado pedir a ajuda emergencial de R$ 600. De acordo com o governo, os primeiros pagamentos serão ainda na semana que vem.

CADASTRO POR TELEFONE

O cadastro também poderá ser feito por telefone – por um número que ainda vai ser divulgado – e por meio de um site, que também está em desenvolvimento. Concluído o cadastro, estarão aptos a receber o dinheiro em 48 horas.

ADD YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado.